amores expresos

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

IMAGENS PRÉ-HISPÂNICAS




"Ídolos de terracota agachados com capacetes em forma de panetone amassado e uma expressão de quem acabou de peidar no elevador lotado." / El peluquero Balthazár reclama de que, além de irreverente, eu cometo ainda uma impropriedade básica: nem todos os ídolos são de terracota. Há muitos de pedra escupida. Fica o registro.



Meu retrato 3 x 4, segundo os desejos de don Balthazár Noriega.



Uma donzela tlapaneca depois de sugada até o talo pelo universo vampiresco.



Jovem entusiasmado pela vida em Cholula.



O mesmo jovem de Cholula depois de saber que os mexicas estavam em sua cidade à cata de vítimas sacrificiais para levar a Tenochtitlan.



Vítima sacrificial se cagando de medo na fila do sacrifício.



A mesma vítima sacrificial fazendo de tudo para distrair a atenção do sacerdote que ia submetê-lo ao tlacamictliliztli, ou extração do coração a frio.



Cliente irreverente para com a cultura mexicana pré-hispânica, depois de passar pela peluquería de Don Balthazár Noriega.



1 Comentários:

Blogger Márcio Américo disse...

E aí, Reinaldão? Veja voce o poder da informação... agora, a cada vez que eu ver um idolo destes, seja no méxico ou na internet, vou logo lembrar-me de que eles parecem ter na cabeça um panetone e estão com uma expressão de quem peidou no elevador.
A proposito, não era Sarita que cantava una cancion hablando acerca de la violetera?

19 de setembro de 2007 12:41  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial